Mocó! Este seria o nome que estaria na Certidão de Nascimento se isso houvesse para atestar nascimento de República de Estudantes. Em termos, República de Estudantes. Porque se ressalvas não forem feitas passar-se-á a imagem de uma destas comuns que existem às milhares (recentemente até na ´virgem´Poços de Caldas tem). Ouro Preto é célebre pelas suas. Em Salvador algumas são no centro histórico e no Pelourinho. Campinas pelas duas grandes Universidades tem às centenas. O Mocó foi algo além disso. Verdadeiro porto de paraquedistas das melhores (e piores, diga-se) personagens. Aquilo era uma Congregação. Um Bando. Uma Confraria. Uma quadrilha. Um exército. Uma Seita. Uma zona… A prova viva de que é possível sobreviver no caos. ISSO AQUI apesar de ter dono (não é anônimo, não é apócrifo, não é inodoro, insípido, incolor) não tem pretensão diferente. Aliás não tem pretensão nenhuma, é bom que se diga! MOCÓ VIRTUAL é um tributo ao MOCÓ.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s